Governo do Canadá faz novas exigências para viajantes

Patrick de Souza
05/11/20

Image
Imagem não definida

O governo do Canadá anunciou nesta segunda-feira, dia 2, novas exigências obrigatórias para todos os viajantes que queiram entrar no país. Agora, todos os viajantes serão obrigados a fornecer informações específicas ao governo tanto para entrar ou para sair do país. A medida faz parte do plano para combater a pandemia do COVID-19, que fez, até o momento, 10.376 vítimas no país, num total de 250.266 casos. O mundo enfrenta uma segunda onda da doença, em especial dentro da Europa, o que forçou países como a Alemanha, França e Inglaterra a voltarem ao estado de Lockdown.

Com essas novas medidas, que entram em vigor a partir do dia 21 de Novembro, os viajantes com destino final no Canadá precisarão usar o app ArriveCAN, liberado pelo governo canadense em Abril deste ano, para dar informações cruciais para a prevenção da doença. Elas incluem detalhes da viagem, contatos que tiveram,  sintomas da doença que o viajante possa apresentar e seu plano de quarentena. O ArriveCAN não utiliza nenhum sistema de GPS ou de rastreamento, a fim de proteger a privacidade do usuário.

O consultor de imigração Willian Santos ressalta que o plano de quarentena / isolamento mandatório de 14 dias precisa cobrir aspectos como o transporte até o local de quarentena (e.g. uso de meio de transporte privado), detalhes sobre o local de quarentena, método de obtenção de mantimentos (e.g. aplicativos de entrega de alimentos), entre outros. É necessário evitar qualquer contato direto possível enquanto em trânsito, também não sendo permitido receber visitas no local de isolamento e nem deixar o local de isolamento, exceção apenas para urgências médicas ou casos pré-autorizados pelo Governo do Canadá.

O ArriveCAN está disponível em sua página online ou como aplicativo mobile. Um border services officer irá checar se o viajante preencheu suas informações, e aqueles que não o fizeram estarão sujeitos a punições, que vão de avisos verbais à multas de até $1,000. Estão isentos dessas obrigações alguns casos específicos, como aqueles que, por motivos como a incapacidade ou falta de infraestrutura, não puderam informar seus dados, assim como casos descritos no Mandatory Isolation Order.


Exigências diárias


Desde o dia 4 de novembro, as companhias aéreas com destino ao Canadá já estão lembrando os viajantes da necessidade do aplicativo, e todos já são incentivados a baixá-lo. Ao chegar no país, os viajantes precisam confirmar que chegaram no local de sua quarentena em até 48 horas, e deverão fazer um relatório diário de como estão se sentindo em relação aos sintomas da COVID-19. 

Aqueles que não utilizarem o aplicativo podem também ligar gratuitamente para o número 1-833-641-0343, no qual deverão informar as mesmas informações pedidas no ArriveCAN. Uma vez utilizando o telefone, o viajante não poderá trocar pelo aplicativo, e também deverá ligar diariamente para informar seus sintomas. Aqueles que violarem essas exigências após passarem pelas fronteiras serão considerados infratores de alta prioridade.

Vale lembrar que o ArriveCAN é obrigatório apenas para quem tem o Canadá como destino final. Caso o voo tenha apenas escala pelo país, não é necessário o cadastro, mas será preciso caso deseje visitá-lo no futuro.


Business photo created by yanalya

Vídeo:


Saiba Mais
Postado por Patrick de Souza
Jornalista formado pela Universidade Estadual Paulista, atualmente trabalhando como freelancer.

Destaques

Descontos em Parceiros

Clique no parceiro para gerar o Voucher de Desconto.
Copyrights © 2020 SINCLOUD. All Rights Reserved.
Photo credit: Incedogroup.com, Freepik
contato@brasileiroscanada.com·